quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Pra hoje (e pra todos os amanhãs também)

Amor como começo, meio e fim.

Hoje quero nada mais que abraços profundos onde as batidas dos corações fazem uníssono.
Sorrisos florindo e os corações acontecendo. Porque primaveras enclausuradas, que não acontecem, me cansam. E gente de uma estação só, também.
Quero o doce do sabor da infância no paladar do idoso. O frio na barriga pela descoberta do agora, nas sensações dos que já julgam dominar a vida.
A simplicidade do encontro como tema chave de uma vida pautada pelo oposto dele.
Hoje quero o amor como chuva fina da qual não se precisa correr, que desalinha os cabelos, refresca o corpo e nos relembra o quanto é simples ser feliz.
Hoje quero a coragem para desbravar do desconhecido e uma tarde feita da delicadeza dos detalhes que a vida oferece e que os grandes feitos, engolem.
Quero o amor como meio, começo e fim, ou fim, meio, começo, bem assim, em desalinho, pra pegar desavisado todo e qualquer medroso que venha surgir.
Hoje, amanhã e todos os outros amanhãs, quero a consciência de ser feliz agora. O amanhã, a gente escreve

"I Just Called To Say I Love You - Stevie Wonder"

Camila Lourenço

9 comentários:

  1. Minha menina!

    Hoje quero seu abraço
    Ouvir seu coração unir-se ao meu
    De primaveras enclausuradas e amores de verão.. eu me cansei...

    Hoje quero teu sorriso
    Só ele tem o dom de me fazer florir
    Nosso passado é parte do que sou
    e meu presente é com você voltar a ser criança...

    Hoje quero seu amor...
    Como uma doce, leve chuva fina...
    E não precisar correr
    Deixar o amor molhar minha menina...

    Hoje quero a coragem...
    De um guerreiro a desbravar o mar...
    O mar do seu coração...vou mergulhar e te beijar neste final de tarde...
    A beira mar...Amar...deixar cair a tarde...

    Amor inteiro, desde o começo, foi esse o meio que encontrei pra falar que o fim é não te amar...

    Amor inteiro, tão verdadeiro, foi esse o meio que encontrei pra falar...o quanto é bom te amar

    Minha menina...te amar...o quanto é bom te amar... minha menina...

    Cássio D'Lima ( Inspirado no texto - Pra hoje (e pra todos amanhãs tb - de Camila Lourenço - 1/09/2011

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como essa versão ficou linda. Precisamos gravar isso.

      Excluir
  2. Felicidade é o agora. O futuro dá pra escrever depois, com calma. Texto mega perfeito. beijo

    ResponderExcluir
  3. Vivamos o hoje, porque o amanhã já se tornou tarde demais pro amor.

    Lindo texto, Mila!
    Seu blog presença nos meus favoritos!
    Gosto muito!!!

    ResponderExcluir
  4. Também gosto de objetivos bem claros e a curto prazo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Camila, que coisa linda!
    "Porque primaveras enclausuradas, que não acontecem, me cansam."

    Que nessa primavera as flores alegrem tua vida com um doce e delicado "bom dia",
    por todos os dias!

    Beijo.
    http://cynthiadayanne.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. "Quero o amor como meio, começo e fim, ou fim, meio, começo, bem assim, em desalinho, pra pegar desavisado todo e qualquer medroso que venha surgir."

    Que não existam lacunas,espaços para mágoas e rancores. =)

    Beijo,saudade!

    Renata

    ResponderExcluir
  7. que lindooo...imagem perfeita!

    beijo,
    saudade daqui
    =*

    ResponderExcluir
  8. Sem falar que deixando para escrever o amanhã amanhã se tem bem mais opções de escrever felicidades e fazer viver...

    Muito lindo aqui.
    Seguindo.
    Retribui?

    http://somdospassos.blogspot.com/

    Bei-jos...

    ResponderExcluir

Espaço pra seu 'pitaco'!
Bjokaa!