quarta-feira, 29 de junho de 2011

Bálsamo e açoite

Trago no peito, na boca e na pele, mas quando te expurgo nas letras é que vejo a real dimensão que tens em mim.


Escrita que liberta, que sangra, que cura, que lembra, que sara, que dói.
Das armas e socorros que dispomos por nós mesmos, a escrita é de todas, a mais paradoxal.




"Diz que fui por aí - Fernanda Takai"

Camila Lourenço

10 comentários:

  1. Amor!

    Não encontro outras palavras para descrever: Bárbaro, visceral e lindo! Você me fez refletir. Nunca havia pensado a escrita como um paradoxo. E como você tem razão... É paradoxal descrever a beleza de sentimentos que às vezes nos fazem mal. Inventar realidade bonita para uma existência de ausências. Incrível, você, dona alma gigante!

    Respondi ao seu comentário lá, como sempre. Se quiser dizer mais sobre o desejo de paz, pode me mandar e-mail. Dizer a alguém, às vezes, é bom.

    Estava com saudades... Perdoe a minha ausência.

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  2. Maia, muito mais do que escrever, gosto de falar...OLHANDO DENTRO DOS OLHOS...

    Beijos com meu carinho,

    Bia

    ResponderExcluir
  3. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://pathyoliver.blogspot.com/2011/06/500-seguidores-yupiiii.html

    ResponderExcluir
  4. Sim, Querida! As palavras nos dá asas, constroem nossas fortalezas, nos libertam e nos prendem a fatos, sentimentos ou pessoas. De todos os instrumentos as palavras são as mais poderosas, pois elas dão voz e idéia a tudo que nos compõe e nos cerca! ;)

    "Se escrevo o que sinto é porque assim diminuo a febre de sentir. Faço paisagens com o que sinto." (Fernando Pessoa)

    “Os delírios verbais me terapeutam.” (Manoel de Barros)

    Bjs! =*

    ResponderExcluir
  5. É mesmo!
    "Escrevo para compensar dores e para assumir verdades caladas nunca ditas."

    Renata Cibelle

    ResponderExcluir
  6. Totalmente fantástico!!!
    Para mim vale mais palavras escritas que ditas. Mais muito mais vale o olhar.
    Saudades de você.
    Beijos querida.

    ResponderExcluir
  7. Se não fosse as palavras , talvez hoje, eu já teria implodido. Ela nos liberta e nos prende, nos dão asas e chão...

    Lindo, lindo, lindo...

    Beijos em teu coração moça que adimiro!!!

    Thatiana Vaz
    http://petalasdesentimentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. sim,. como é bom escrever. . . alivia, expressa, machuca, tudo isso mesmo que voce disse. . .

    beiijos

    ResponderExcluir
  9. Sim, como a escrita me salva diariamente, como sou feliz por tentar dominar as letras. Amo muito.

    ResponderExcluir
  10. Eu tento enxergar as pessoas, pelo todo... pelo que escreve, pelas músicas que escolhe prá embalar os textos, pelas fotos que usa prá emoldurá-los...e aqui enxerguei uma pessoa linda... densa sem perder a lindeza. visita-la-ei mais vezes..

    ResponderExcluir

Espaço pra seu 'pitaco'!
Bjokaa!